Enquanto navegava pela WEB em busca de notícias sobre MSX o Repositório de Pesquisas da Universidade de Kyoto surgiu com duas publicações recentes escritas pelo um pesquisador chamado Suzuki Mana.

Em 2015, ele publicou um artigo, em Japonês, sobre a relação entre computadores domésticos e videogames e as revistas especializadas existentes no Japão nos anos 1980, com muitas menções ao MSX, a ASCII e a MSX Magazine. Ele cita que, mesmo o MSX sendo promovido como um compuador não apenas para "jogos", o mercado o relegou a um simples videogame, deixando em clara desvantagem em relação ao NES que era de fato um videogame.

O outro artigo, relacionado ao MSX e publicado em Inglês Investiga a relação dos processadores de textos Japoneses e a linha de computadores pessoais MSX que trata sobre os desafios enfrentados antes dos japoneses poderem usar a conversão Kana-Para-Kanji, como a conversão por frases e a possibilidade de dividir automáticamente a sentença em grupos ao invés de ter de inserir espaços extras na mesma para definir os grupos por você mesmo. É uma leitura interessante - especialmente por vermos o MSX surgir numa publicação científica recente.

Link 1: Relação entre computadores pessoais e videogames
Link 2: Relação entre processadores de texto Japneses e o MSX